ARTIGO – Radiofrequência na Dor Crônica
artigos healthtech setfree

Artigo publicano na SciELO (The Scientific Electronic Library Online)

Radiofrequência na dor crônica

Radiofrequência (RF) é uma técnica minimamente invasiva alvo-seletiva e tem sido usada durante muitos anos para o tratamento de diferentes doenças, como dor lombar crônica, neuralgia trigeminal e outros. Trata-se de uma corrente elétrica alternada com frequência oscilatória de 500.000 hz, que flui através de um eletrodo introduzido percutaneamente.

O calor é formado ao redor do eletrodo porque o tecido age como um resistor. Essa técnica pode, portanto, ser usada para causar lesões em tecidos nervosos no tratamento de dor crônica. O objetivo desta revisão é abordar alguns aspectos importantes do mecanismo e evolução da radiofrequência na dor crônica. Serão abordados os aspectos básicos da Física e o mecanismo de ação da radiofrequência, método que tem sido usado para tratar dores crônicas de diferentes etiologias, além da evolução com o advento da radiofrequência pulsátil.

O uso da radiofrequência no manejo da dor crônica é uma ferramenta útil em diferentes condições dolorosas e tem sido usada com sucesso por mais de 25 anos. Seu mecanismo de ação ainda não foi totalmente elucidado. A radiofrequência pulsátil é, em particular, uma técnica minimamente destrutiva e poderá ser uma alternativa à forma convencional de tratamento para a dor por radiofrequência.

Descritores: Dor/terapia; Doença crônica; Ondas de rádio/uso terapêutico

Leia o artigo na íntegra clicando aqui (https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-18512009000200017&lng=en&nrm=iso).

Abrir WhatsAPP
Precisa de ajuda?